LOADING

Digite para procurar

Jornalismo contra a pandemia

Redação Trendings
Compartilhar

O jornalismo tem experimentado um dos poucos efeitos colaterais positivos que a pandemia de Covid-19 traz à sociedade: a valorização do acesso à informação correta

Por Cláudia Bredarioli*

Você já parou para pensar que, em tempos de crise como a que estamos vivendo, confiar nas informações que recebemos passa a ser ainda mais essencial às nossas vidas? Com isso, o jornalismo ganha ainda mais importância e tem experimentado dos poucos efeitos colaterais positivos que a pandemia de Covid-19 traz à sociedade: a valorização do acesso à informação correta.

O cenário atual mostra que os brasileiros amadureceram em relação ao consumo de notícias, desconfiando de conteúdo falsos – conhecidos como fake news – e dando mais valor ao que é divulgado pela imprensa. Segundo pesquisa DataFolha do fim de março, apenas 12% dos entrevistados disseram confiar em informações que recebem por Whatsapp ou Facebook.

O Observatório da Ética Jornalística (Objethos) traz dados do Barômetro de Confiança, levantamento produzido pela Edelman, que mostram que os meios jornalísticos tradicionais são apontados como mais confiáveis pelos entrevistados. Cientistas e médicos também aparecem como fontes com maior credibilidade. Pessoas de 10 países, entre eles o Brasil, foram ouvidas no início de março. Outro estudo, do Pew Research Center, mostra que quem usa as redes sociais como principal fonte de informação está mais desinformado do que quem recorre ao jornalismo. Os dados são relativos aos EUA.

Há mais sinais que apontam nessa direção. O Jornal Nacional, por exemplo, ganhou mais espaço na grade de programação da Rede Globo e tem alcançado audiência superior à das novelas. O mesmo movimento ocorre nos canais pagos de notícias, vários com sinal aberto para não assinantes. Os sites de notícias batem recorde de assinaturas, como aconteceu com o Canal Meio, que produz newsletters diárias com curadoria de notícias dos fatos mais relevantes. No portal NSC Total, o número de acessos quadruplicou. O programa Roda Viva, da TV Cultura, alcançou seu pico de audiência com a recente entrevista do biólogo e divulgador científico Átila Iamarino.

Ampliar o acesso à informação correta só irá contribuir na luta contra a pandemia, que depende da conscientização das pessoas para que tomem atitudes que beneficiem a todos. E o jornalismo tem feito sua parte.

*Cláudia Bredarioli é jornalista, professora do curso de Jornalismo da ESPM-SP e doutora em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Tags:
Redação Trendings

Produzido pelo Núcleo de Conteúdo da ESPM.

Você vai gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *