LOADING

Digite para procurar

Big techs são acusadas de monopólio nos Estados Unidos

Jorge Tarquini
Compartilhar

Relatório de subcomitê antitruste pode levar os Estados Unidos a um passo de propor a fragmentação de empresas como Google, Amazon e Facebook

Alphabet (controladora do Google), Amazon, Apple e Facebook. As “quatro grandes” de tecnologia dos Estados Unidos podem estar diante de um tempo de se repensar, se fragmentar – e, por consequência, ter de diminuir seu poder. E não por iniciativa própria…

Uma investigação de 16 meses, conduzida por congressistas democratas no subcomitê antitruste da Câmara dos Representantes, levou a um relatório de 449 páginas divulgado no dia 6 de outubro. Ele aponta como essas empresas, ao exercer seu grande poderio, podem ter cometido abusos e impedido a inovação – por práticas anticompetitivas recorrentes.

Segundo o documento, as ações dessas empresas teriam impedido a inovação fora de seus domínios e, por consequência, se tornaram monopólios. A saída apontada? Além de forte regulamentação, com novos apertos nas leis antitruste, a sugestão que está criando abalos sísmicos que varrerão o planeta: o desmembramento dessas empresas, diminuindo suas operações em plataformas online e separando-as das demais negócios.

Alguns exemplos apontados pelo relatório (que não foi assinado por deputados republicanos): o controle pelo Facebook das principais redes sociais utilizadas em todo o mundo, os prejuízos para pequenas empresas de aplicativos diante do poder da Apple dentro da App Store – ou o próprio Google, que ainda é monopolista por controlar o maior serviço de buscas, com grande indícios de condução na escolha dos usuários.

Ou seja: o cruzamento entre os negócios das quatro big techs é a base dos monopólios modernos, pois isso ainda enfraquece a concorrência de modo praticamente inevitável. Um exemplo? Amazon utilizando a inteligência e os dados que ela detém sobre as vendas de fabricantes que usam sua plataforma para criar seus próprios produtos.

Uma reportagem do The New York Times, que teve acesso ao relatório completo, apresenta as 12 principais acusações feitas pelo relatório às big four, confira clicando aqui.

LEIA TAMBÉM:

Magalu x Madero: pesquisa aponta empresas com melhor e pior imagem durante a pandemia

Quiz: você está por dentro das gírias corporativas?

Inteligência artificial reduz custos e aumenta produtividade na área jurídica

Tags:
Jorge Tarquini

Curador do #Trendings.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *