LOADING

Digite para procurar

Home office sim, mas sem esquecer dos aprendizes e estagiários

Filipe Oliveira
Compartilhar

Qual foi a última vez que você conversou com o aprendiz ou estagiário de sua área? O desenvolvimento desse jovem não depende apenas do RH e das lideranças, mas também da interação com os colegas de equipe

Vontade de aprender, necessidade de mostrar serviço e ansiedade por uma possível efetivação. Se você é ou já foi aprendiz ou estagiário, sabe o quanto essas questões são marcantes na vida de quem está começando a carreira.

Em um período de aprendizado, a interação com colegas é fundamental. Não apenas para aprender questões técnicas, mas também comportamentais, entender o funcionamento de uma empresa e trocar experiências com quem já está há mais tempo no mercado.

Se engana quem pensa que essa interação é vantajosa apenas para os jovens. Aprendizes e estagiários estão cheios de energia, boas ideias e ajudam empresas a conhecer e se conectar a uma nova geração de consumidores.

Mas se no escritório a correria do dia a dia e a falta de paciência já afastava algumas pessoas desses jovens, imagine então em home office. Faça uma avaliação rápida: qual foi a última vez que você bateu um papo com o aprendiz ou estagiário de sua área? Perguntou como vão as coisas com ele e sua família durante a pandemia? Se colocou à disposição para ajudá-lo em caso de dúvidas? Deu algum feedback sobre seu trabalho?

São atitudes simples, mas que podem fazer grande diferença na vida de alguém que está começando a carreira. Falo por experiência própria. Já fui aprendiz e estagiário e lidei com alguns colegas e gestores muito solícitos e outros nem tanto. Lembro com carinho dos que tiveram paciência para esclarecer minhas dúvidas, me dar conselhos e me integrar com a equipe.

Por isso, sugiro: se quer fazer a diferença na vida de alguém, comece dando um pouco de atenção ao jovem que sentava ao seu lado no escritório. Você certamente tem algo a aprender com ele. E, no futuro, o aprendiz ou estagiário de sua área poderá ser o seu chefe.

LEIA TAMBÉM: 

6 dicas para liderança em home office

Home office: ‘O chefe não precisa enviar mensagem no WhatsApp toda hora’

10 dicas para ser mais produtivo no home office e no escritório

Tags:
Filipe Oliveira

Editor do #Trendings.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *